Centro de Referência em Dermatologia Sanitária: Caracterizando Usuários com Úlceras de Pernas

Authors

  • Heloísa Cristina Quatrini Carvalho Passo Instituto Lauro de Souza Lima (ILSL) – Bauru (SP), Brasil. Endereço para correspondência: Rua Saint Martin, 26-81 – CEP 17012-056 – Bauru (SP), Brasil
  • Silvana Barbosa Pena Universidade Federal do Mato Grosso Sul (UFMS) – Três Lagoas (MS), Brasil.
  • Manuel Henrique Salgado Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) – Botucatu (SP), Brasil
  • Mônica Antar Gamba Unifesp – São Paulo (SP), Brasil.
  • João Júnior Gomes Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP) – São José do Rio Preto (SP). Orientador da Monografia “Caracterização de pessoas atendidas na sala de curativo do ambulatório de um Centro de Referência em Dermatologia Sanitária”, do Instituto Lauro de Souza de onde foi extraído este estudo.

DOI:

https://doi.org/10.5327/Z1806-3144201600030002

Keywords:

Estomaterapia, Ferimentos e lesões, Enfermagem, Perfil da Saúde

Abstract

O objetivo desse estudo foi descrever as características sociodemográficas e epidemiológicas da população atendida na sala de curativo de um ambulatório dermatológico. Trata-se de um estudo de corte seccional, descritivo baseado
no levantamento de casos de pessoas atendidas para o tratamento de úlceras crônicas decorrentes de dermatopatias.
A fonte de dados para a pesquisa foram os prontuários disponibilizados pelo Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME) do Instituto Lauro de Souza Lima (ILSL), correspondendo ao período de janeiro a dezembro do ano de 2011.
Foram avaliados 486 prontuários, dos quais, na população estudada, apontaram as características sociodemográficas predominantes: o gênero masculino (57%), idade 70 e mais anos (36,42%), casados (49,4%), aposentados (34,6%),
raça branca (87,9%), escolaridade com ensino fundamental incompleto (19,8%), procedentes do Estado de São Paulo (98,15%). A comorbidade prevalente foi a Hipertensão Arterial Sistêmica (n=224; 46,1), acompanhada de Diabetes mellitus II com 117 (24,1%). A maioria das úlceras (n=218; 44,9%) encontradas foi neuropática, a média de tempo de
existência em anos foi de 5,4 anos, com desvio padrão de 7,2. Tais achados servem de alerta aos gestores e profissionais, para que conheçam a situação das pessoas atendidas na sala de curativo, no que tange as suas características sociodemográficas, clínicas e epidemiológicas para implementação de protocolos, ações políticas e assistenciais.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Published

2016-10-24

How to Cite

1.
Passo HCQC, Pena SB, Salgado MH, Gamba MA, Gomes JJ. Centro de Referência em Dermatologia Sanitária: Caracterizando Usuários com Úlceras de Pernas. ESTIMA [Internet]. 2016Oct.24 [cited 2021Mar.7];14(3). Available from: https://www.revistaestima.com.br/estima/article/view/405

Issue

Section

Original article

Most read articles by the same author(s)