Aspectos Emocionais do Indivíduo no Enfrentamento da Condição de Estomizado

Rômulo Mágnus de Castro Sena, Ellany Gurgel Cosme do Nascimento, Welyton Paraíba da Silva Sousa, Maria Aurelina Machado de Oliveira, Eulália Maria Chaves Maia


Objetivo: Evidenciar como a literatura especializada e atualizada na área da saúde aborda os aspectos emocionais vivenciados pelo indivíduo em seu processo de enfrentamento da condição de estomizado. Métodos: Trata-se de uma revisão integrativa de literatura. A questão de pesquisa foi: quais os impactos emocionais gerados pela presença de uma estomia na vida do sujeito? A busca bibliográfica foi realizada nos portais Scopus e Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), em que foram consultadas as bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE). Foram utilizados os descritores “estomia” e “emoções”, de janeiro de 2010 a dezembro de 2014. Resultados: O levantamento nas bases de dados resultou em seis artigos selecionados. A discussão seguiu estruturada de acordo com os núcleos de sentido presentes na sequência de apresentação dos objetivos, dos resultados e das conclusões; enfatizando os aspectos do enfrentamento de maior representatividade e fundamentada nos próprios textos. Conclusões: O processo de enfrentamento da estomização é um evento complexo na vida do sujeito, uma vez que é vivenciado de diferentes formas conforme o período de adaptação em que a pessoa se encontra. Portanto, as preocupações no pós-cirúrgico são diferentes daquelas relacionadas à alta e ao autocuidado no domicílio, bem como daquelas a longo prazo.


Keywords


Estomia. Emoções. Revisão.

Full Text:

PDF    


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z1806-3144201700010007

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


SOBEST - Associação Brasileira de Estomaterapia: Estomias, Feridas e Incontinências
Rua Antônio de Godoi, n 35. Sala 102, Centro
CEP 01034-000
São Paulo/SP