Propriedades Psicométricas do “Freiburg Life Quality Assessment Wound” em Queimados*

Uiara Aline de Oliveira Kaizer, Neusa Maria Costa Alexandre


*Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Campinas, em 16 de julho
de 2014.

Introdução: Para a mensuração da qualidade de vida utilizam-se instrumentos de medida genéricos ou específicos. O Freiburg Life Quality Assessment – Wound (FLQA-wk) é um questionário específico que analisa a qualidade de vida de pessoas com feridas, sendo composto por vinte e quatro itens e seis domínios: sintomas físicos, vida diária, vida social,
bem-estar psicológico, tratamento e satisfação. Para a utilização de instrumentos de medida de forma válida e confiável, deve-se analisá-los em relação às suas propriedades psicométricas. Estudos sobre a verificação psicométrica de instrumentos de avaliação de feridas no Brasil são escassos. Objetivo: Avaliar as propriedades psicométricas do FLQA-wk
em pacientes queimados. Métodos: Os dados foram obtidos por meio de entrevista com 100 sujeitos queimados de um Hospital de Referência do interior de São Paulo. A confiabilidade foi verificada por meio da consistência interna utilizando-se o alfa de Cronbach. A validade de constructo foi analisada pela validade convergente, correlacionando os resultados do instrumento com o Burns Specific Health Scale-Revised (BSHS-R), com o Instrumento abreviado de avaliação da qualidade de vida (WHOQOL-abreviado) e com a pontuação da escala visual analógica do Estado de Saúde e Qualidade de vida do FLQA-wk. A responsividade foi avaliada pela aplicação do FLQA-wk nos mesmos pacientes após
uma semana de tratamento para verificar se houve melhora do quadro. Realizou-se análise descritiva para traçar o perfil dos participantes.Verificou-se a validade de constructo por meio do Coeficiente de correlação de Spearman e para análise da responsividade, os resultados do escore total e os escores das três escalas do FLQA-wk foram comparados
após uma semana, por meio do teste da Soma de Postos Sinalizados de Wilcoxon. Resultados: Demostraram um alfa de Cronbach de 0,85 indicando alta precisão da medida. As correlações entre o FLQA-wk e os domínios do BHSH-R e do WHOQOL e das suas duas escalas visuais analógicas foram significativas (p < 0,05) e variaram de satisfatória a forte magnitude, sendo a maior parte delas negativas e de forte magnitude (-0,51 a -0,76). Em relação à responsividade, os dados sugerem uma melhora da percepção da QV após uma semana de intervenção. Conclusões: O processo de avaliação das propriedades psicométricas do FLWA-wk em queimados evidenciou resultados satisfatórios que indicam
qualidades psicométricas adequadas do questionário, permitindo assim que este possa ser utilizado em estudos de qualidade de vida com pacientes queimados como uma medida de avaliação de intervenções e tratamentos propostos, despertando o pensamento crítico sobre a qualidade da prática dos profissionais de saúde.


Keywords


Queimaduras, Qualidade de vida, Validade dos testes, Reprodutibilidade dos testes

Full Text:

PDF    

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


SOBEST - Associação Brasileira de Estomaterapia: Estomias, Feridas e Incontinências
Rua Antônio de Godoi, n 35. Sala 102, Centro
CEP 01034-000
São Paulo/SP