Atualização

Juliana Akie Takahashi


Pesquisa Bibliográfica em Base de Dados: como utilizar seus recursos de forma eficiente?

A comunicação científica inclui atividades associadas à produção, à disseminação e ao uso da informação1. Sua relevância é reconhecida pelos pesquisadores e cientistas que, ao longo dos tempos, instituíram diversos canais de intercâmbio.
A divulgação das pesquisas em andamento e dos resultados, dará ao pesquisador condições para melhor desenvolver seu trabalho, após leitura e crítica pelos pares2.
As revistas técnicas e científicas são consideradas canais de comunicação formal, que objetiva a disseminação da informação e a visibilidade da produção técnico-científica nacional. Uma forma de dar visibilidade aos resultados da pesquisa é através da indexação em base de dados3.
Na área de ciências da saúde, existem quatro bases de dados importantes, disponíveis na rede mundial: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde – LILACS, Medlars on Line – MEDLINE, Scientific Electronic Library Online - SciELO e Biblioteca Cochrane, produzidas respectivamente pelo Centro Latino Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME), Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos (NLM), BIREME/FAPESP/ CNPq e BIREME respectivamente.
A pesquisa bibliográfica em base de dados compõe uma etapa importante no desenvolvimento de novos estudos, cujo uso eficiente ainda está em fase de apropriação.
Dessa forma, é recomendável ao pesquisador conhecer as características das bases de dados de sua especialidade, o estabelecimento de estratégia de pesquisa e formas de obtenção da informação resultante da busca efetuada.
O conhecimento de estratégia de pesquisa, com o uso de terminologia controlada especializada em sua área de conhecimento e o uso de operadores lógicos, são recursos imprescindíveis para a obtenção de resultados consistentes conforme o desejo de quem realiza a busca bibliográfica.
A estratégia de busca pode ser definida como uma técnica ou conjunto de regras para tornar possível o encontro entre uma pergunta formulada e a informação armazenada em uma base de dados4.
Resumidamente as etapas de estruturação da estratégia de pesquisa são:
• Pesquisar o assunto padronizado, de acordo com a terminologia adotada na área de saúde: DeCS – Descritores em Ciências da Saúde, pois é utilizada para indexação de assuntos nas bases de dados abordados;
• Definir a estratégia de pesquisa com o uso dos principais operadores Booleanos (AND, OR e NOT);
• Obtenção do documento, seja no formato impresso ou eletrônico.
Exemplo:
Descritor de assunto= “CICATRIZACAO DE FERIDAS” AND Aspectos= Efeitos de drogas (/DE) AND Espécie= Humanos AND Tipo de publicação= Artigo de revista, resultou em 31(artigos recuperados na LILACS) e 1839 referências recuperadas no MEDLINE nos últimos dez anos. (Dados obtido em 14/06/2006).
A pesquisa bibliográfica bem estruturada em base de dados disponíveis na internet, agiliza a obtenção de referências, de acordo com as necessidades do pesquisador e os recursos como apontadores para texto na íntegra, por exemplo, de artigos indexados na SciELO possibilitam ainda o acesso ao documento eletrônico na íntegra.



References


- Garvey WD. Communication, the essence of science: faciliting information among librarians, scientists, engineers and students. Oxford: Pergamon, 1979.

- Pecegueiro CMPA. A ciência da informação e a comunicação científica. In: Castro CA, organizador. Ciência da informação e biblioteconomia: múltiplos discursos. São Luís: EDFAMA, 2002. p. 96-108.

- Oliveira EB. Produção científica nacional na área de geociências: análise de critérios de editoração, difusão e indexação em base de dados.[online]. Cienc Inform. 2005;34(2). Disponível em: http://www.scielo.br/ s c i e l o . p h p ? s c r i p t = s c i _ a r t t e x t & p i d = S 0 1 0 0 - 19652005000200004&lng=pt&nrm=iso [Acesso em 14.06.2006]

- Lopes IL. Uso das linguagens controlada e natural em base de dados: revisão da literatura.[online]. Cienc Inform. 2002;31(1). Disponível em: http://www.scielo.br/ s c i e l o . p h p ? s c r i p t = s c i _ a r t t e x t & p i d = S 0 1 0 0 - 19652002000100005&lng=en&nrm=iso [Acesso em 15.06.2006]


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


SOBEST - Associação Brasileira de Estomaterapia: Estomias, Feridas e Incontinências
Rua Antônio de Godoi, n 35. Sala 102, Centro
CEP 01034-000
São Paulo/SP