Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Estima – Brazilian Journal of Enterestomal Therapy é o veículo oficial de publicação da Associação Brasileira de Estomaterapia: estomias, feridas e incontinências – SOBEST. Desde 2003, destina-se à publicação de artigos elaborados por enfermeiros, especialistas ou não, outros profissionais e acadêmicos da área da saúde. Com ênfase na prática clínica, gerenciamento, ensino e pesquisa, são aceitos artigos que possam contribuir para a ampliação do conhecimento e para o desenvolvimento da Estomaterapia como especialidade em suas áreas de abrangência (estomias, feridas e incontinências, fístulas, cateteres e drenos) e áreas afins. Seu título abreviado, ESTIMA – Braz. J. Enterestomal Ther., deve ser utilizado em todas as referências bibliográficas.

A partir de 2018, a publicação dos artigos ocorrerá em dois idiomas, português/inglês ou espanhol/inglês, apenas na versão online e na modalidade fluxo contínuo, reunidos em um único volume anual. Os artigos serão disponibilizados assim que aprovados pelo editor chefe e finalizados pela produção editorial. Serão aceitos para publicação artigos originais, artigos de revisão, reflexões teóricas, estudos de caso e relatos de experiência.

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo Original

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo de Revisão

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de Caso

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Reflexão Teórico-Filosófica

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Atualização

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A ESTIMA – Braz. J. Enterestomal Ther. adota o sistema de avaliação por pares duplo cego, onde a identidade dos autores e avaliadores são preservadas. Os manuscritos submetidos serão inicialmente verificados quanto à adequação ao escopo e observância do atendimento às normas editoriais, podendo ser aceito para avaliação, rejeitados ou devolvido aos autores para correções e neste caso sugerindo resubmissão para nova análise. Os manuscritos aceitos para avaliação serão encaminhados para no mínimo 2 pareceristas ad hoc, que deverão avaliar o manuscrito quanto ao conteúdo científico, encaminhando o resultado ao editor chefe que, baseado nos mesmos, decidirá pela publicação, rejeição ou solicitará correções ao autor. Nos casos em que uma nova versão é solicitada, após recebimento, o editor chefe poderá decidir pela aceitação imediata ou encaminhar para nova rodada de avaliação.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio da gratuidade e democratização do acesso público ao conhecimento científico. 

 

Direitos autorais

Para maximizar a disseminação e uso do material publicado, a ESTIMA – Braz. J. Enterestomal Ther. adota a licença Creative Commons Atribuição CC BY. Assim os direitos autorais pertencerão aos autores, sendo permitido que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que atribuído o devido crédito

 

Apresentação dos manuscritos

Nas pesquisas que envolvem seres humanos, os autores deverão enviar cópia de aprovação emitida por Comitê de Ética, reconhecido pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), segundo as normas da Resolução do Conselho Nacional de Saúde – CNS 466/2012 ou órgão equivalente, no país de origem da pesquisa, ainda que se trate de estudo/relato ou série de casos. Nas pesquisas desenvolvidas no Brasil, o número do processo/projeto deverá constar na Seção de Material e Método do manuscrito.

Todos os artigos publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião dos Editores e dos membros do Conselho Editorial.

Quando houver a utilização de produtos farmacêuticos, estes deverão ser citados genericamente no corpo do texto. Havendo necessidade de citar a marca, esta deverá ser efetuada no final do texto, como observação.

Estudos do tipo ensaio clínico devem incluir o número do Registro de Aprovação de Ensaios Clínicos (http://www.ensaiosclinicos.gov.br), cujo documento comprobatório deverá ser enviado à revista. Em casos de pesquisas envolvendo animais, a aprovação da Comissão de Ética no Uso de Animais também deve ser encaminhada. Considerando-se que a Revista Estima apoia as políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE) e reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informação sobre estudos clínicos, em acesso aberto, serão aceitos para publicação somente os artigos de pesquisas clínicas que tenham recebido um número de identificação em um dos Registros de Ensaios Clínicos. Esses devem ser validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis no site do ICMJE (http://www.icmje.org). O número de identificação deverá ser registrado no final do resumo.

 

Seleção e Revisão dos Manuscritos

Os manuscritos deverão ser inéditos, podendo ser apresentados em português, inglês ou espanhol. Não serão aceitos manuscritos encaminhados simultaneamente a outros periódicos ou previamente publicados.

Os manuscritos devem ser submetidos à seção correspondente identificados de acordo com o tipo que pode ser:

Artigo original: os manuscritos de pesquisa sobre estomias, feridas e incontinências e outros temas relacionados à estomaterapia devem ter, no máximo, 12 (doze) páginas incluindo figuras, tabelas, referências e anexos (estes quando necessários e indispensáveis).

Reflexão teórico-filosófica: artigos descritivos e interpretativos, com base em literatura recente, acerca da situação geral e de reflexão sobre temas de enfoque da revista. Devem ter, no máximo, 7 (sete) páginas.

Revisão de literatura (Sistemática, Integrativa/Escopo): estudo abrangente e crítico da literatura sobre assunto de interesse para o desenvolvimento da Estomaterapia. Utiliza método de pesquisa que apresenta a síntese de múltiplos estudos publicados e possibilita conclusões gerais a respeito de uma particular área de estudo, realizado de maneira sistemática e ordenada, favorecendo o aprofundamento do conhecimento do tema investigado e respeitando a estrutura estabelecida anteriormente para o texto. Limitado a 10 (dez) páginas.

Relato de caso clínico/Experiência: relato de caso clínico ou de experiência deve estar limitado a casos excepcionais ou série de casos, que não constituem amostra significativa e que sejam de grande interesse científico, com discussão fundamentada cientificamente. Sua extensão limita-se a quatro páginas.

A ESTIMA – Braz. J. Enterestomal Ther. recomenda a utilização de guias da Rede Equator para o preparo e submissão dos manuscritos, conforme tipo de estudo:

Ensaio clínico randomizado: CONSORT (http://www.consort-statement.org/downloads/translations).

Revisões sistemáticas e metanálises: PRISMA (http://www.prisma-statement.org/Translations/Translations.aspx).

Estudos observacionais em epidemiologia: STROBE (https://www.strobe-statement.org/index.php?id=strobe-translations).

Estudos qualitativos: COREQ (http://www.equator-network.org/reporting-guidelines/coreq/).

 

Aspectos Éticos

Nas pesquisas que envolvem seres humanos, os autores deverão enviar cópia de aprovação emitida por Comitê de Ética, reconhecido pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), segundo as normas da Resolução do Conselho Nacional de Saúde – CNS 466/2012 ou órgão equivalente, no país de origem da pesquisa, ainda que se trate de estudo/relato ou série de casos. Nas pesquisas desenvolvidas no Brasil, o número do processo/projeto deverá constar na Seção de Material e Métodos do manuscrito.

Todos os artigos publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião dos Editores e dos membros do Conselho Editorial.

Quando houver a utilização de produtos farmacêuticos, estes deverão ser citados genericamente no corpo do texto. Havendo necessidade de citar a marca, esta deverá ser efetuada no final do texto, como observação.

Estudos do tipo ensaio clínico devem incluir o número do Registro de Aprovação de Ensaios Clínicos (http://www.ensaiosclinicos.gov.br), cujo documento comprobatório deverá ser enviado à revista. Em casos de pesquisas envolvendo animais, a aprovação da Comissão de Ética no Uso de Animais também deve ser encaminhada. Considerando-se que a Revista Estima apoia as políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE) e reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informação sobre estudos clínicos, em acesso aberto, serão aceitos para publicação somente os artigos de pesquisas clínicas que tenham recebido um número de identificação em um dos Registros de Ensaios Clínicos. Esses devem ser validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis no site do ICMJE (http://www.icmje.org). O número de identificação deverá ser registrado no final do resumo.

 

Submissão dos manuscritos

Todas as comunicações e notificações serão feitas ao autor, exclusivamente pelo sistema eletrônico ou por e-mail. O manuscrito, a declaração de responsabilidade e o esclarecimento das relações que podem estabelecer conflitos de interesse deverão ser enviados exclusivamente pelo site http://www.revistaestima.com.br, com link pelo site http://www.sobest.org.br.

A identificação dos autores deve ser feita somente no sistema de submissão. Não serão aceitos artigos que apresentam os nomes dos autores no corpo do texto do manuscrito. As seguintes informações devem ser apresentadas no momento da submissão: nomes completos de todos os autores, afiliação (instituição de origem com 3 instâncias), e-mail e ORCID. O cadastro para obtenção do ORCID é gratuito e poderá ser feito individualmente ou pela instituição, através do link: https://orcid.org/. O nome do autor correspondente deverá ser especificado e conter além das informações obrigatórias, o endereço postal completo.

A ESTIMA – Braz. J. Enterestomal Ther. endossa a taxonomia do CRediT dos papéis dos contribuintes e encoraja os autores a usar essa taxonomia ao fornecer uma seção de Contribuição dos Autores para seus manuscritos.

Para garantir a integridade do processo de revisão cega por pares, é obrigatório evitar as identidades dos autores no corpo do texo. Portanto, verifique se os seguintes passos foram dados em relação ao texto e às propriedades do arquivo: (1) exclua o nome dos autores no texto; (2) não inclua a seção “Agradecimentos; (3) não incluir a seção "Contribuição do autor"; e (4) a identificação do autor também deve ser removida das propriedades do arquivo. Na etapa de edição de texto, após a aprovação do manuscrito, o autor correspondente será solicitado a preencher todas essas informações.

No ato da submissão deverão ser apresentados dois documentos relativos ao manuscrito:

Página de identificação contendo:

  • Título - deve estar em português, inglês e espanhol, sem abreviações, em tamanho 14, Fonte Times New Roman. O título deve ser conciso e explicativo e representar o conteúdo do trabalho. Deve conter, no máximo, 15 palavras. Espaçamento simples. Itens não permitidos: siglas, abreviações e localização geográfica da pesquisa.

  • Autoria - a identificação de cada autor deve ser feita pelo sistema de submissão, incluindo a descrição da contribuição de cada um. Não serão aceitos artigos que apresentam os nomes dos autores no seu conteúdo. Na folha de rosto devem ser apresentadas as seguintes informações: nomes completos de todos os autores, formação universitária, se Estomaterapeuta/TiSOBEST, maior titulação acadêmica, instituição de origem e e-mail. Neste documento deve-se indicar o nome e endereço completo do autor responsável para troca de correspondência.

  • Ao ser baseado em monografia, dissertação ou tese, devem-se indicar o título, ano e instituição onde foi apresentada e defendida.

Manuscrito composto obrigatoriamente por:

  • Título: deve estar em português, inglês e espanhol e sem abreviações. O título deve ser conciso e explicativo e representar o conteúdo do trabalho. Deve conter, no máximo, 15 palavras. Espaçamento simples. Itens não permitidos: siglas, abreviações e localização geográfica da pesquisa.

  • Resumo: deve ser estruturado e conter objetivos, método, resultados e conclusão, redigido em parágrafo único, em até 200 palavras. Devem ser apresentadas suas traduções para o inglês (abstract) e espanhol (resumen). Caso o manuscrito seja escrito originalmente em espanhol, deve conter as traduções para o português e inglês; e quando escrito originalmente em inglês, deve conter as traduções para o português e espanhol.

  • Descritores: deve incluir de 3 a 6 descritores, separados por ponto, também apresentados em português, inglês e espanhol respectivamente após o resumo, abstract e resumen. Os descritores devem estar de acordo com os Descritores em Ciências da Saúde (DECs) ou MeSH (Medical Subject Headings) e devem ser consultados, respectivamente, nos sites http://decs.bvs.br/ e http://www.nlm.nih.gov/mesh/. É recomendada a utilização da palavra chave “Estomaterapia” em todos os artigos submetidos, objetivando sua inserção futura como descritor.

  • Texto estruturado na seguinte sequência: Introdução, Objetivos, Métodos, Resultados, Discussão (contendo limitações e recomendações), Conclusão e Referências. Em se tratando de estudos com abordagem qualitativa, as seções Resultados e Discussão poderão ser apresentadas conjuntamente. Anexos somente serão aceitos quando necessários e indispensáveis para o estudo. O manuscrito deverá ser apresentado logo após os resumos e descritores, em formato editor Microsoft Word 2003 ou superior; com extensão .doc ou .docx; papel tamanho A4; margens 2,0cm; em tamanho 12; Fonte Times New Roman; parágrafos alinhados em 1cm, justificado, espaço 1,5 linha em todo o texto; cabeçalho em 1,4cm; rodapé em 1,25cm; sem paginação e quebras de página ou seção em toda extensão do arquivo.

  • Figuras e tabelas: Serão permitidas, no máximo, cinco tabelas ou figuras que deverão estar inseridas no corpo do texto, logo após terem sido mencionadas pela primeira vez. As fontes internas das ilustrações deverão ser do tipo Times New Roman 10 com espaçamento simples. A elaboração das tabelas deve seguir as "Normas de Apresentação Tabular" estabelecidas pelo Conselho Nacional de Estatística e publicadas pelo IBGE (1993). Quando a tabela for extraída de outro trabalho, a fonte original deve ser mencionada logo abaixo da mesma. Neste caso, deve ser solicitada a autorização para os autores. O título da tabela e figura deve conter informações mínimas pertinentes e necessárias, incluindo local e ano de coleta dos dados. As ilustrações deverão ser apresentadas centralizadas e sem recuo, não ultrapassando o tamanho de uma folha. Não serão aceitas fotos ou figuras originárias de outros estudos sem a autorização dos autores originais. Quando houver fotografias, estas devem estar em resolução acima de 300dpi. Link para as normas IBGE: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv23907.pdf

  • Financiamento: este deve ser mencionado no final do texto, caso o estudo tenha recebido apoio de órgãos de fomento ou de empresas.

  • Referências: As citações e referências devem ser elaboradas de acordo com as normas Vancouver (http://www.icmje.org). Cada manuscrito pode conter, no máximo, 25 referências, das quais 75% de artigos publicados em periódicos recentes, nos últimos cinco anos.

 

Tradução/versão

Todos os artigos serão publicados nos idiomas português e inglês ou espanhol e inglês. Durante a etapa de editoração dos artigos aprovados será solicitado aos autores o pagamento da taxa para versão ou tradução para a segunda língua. Para garantir a qualidade e padronização, as mesmas serão realizadas por empresa especializada contratada pela ESTIMA – Braz. J. Enterestomal Ther. e submetidas ao autor correspondente para aprovação.

 

Taxas e valores

A taxa de submissão do manuscrito será R$160,00 para os não associados à SOBEST. Esta taxa não será cobrada para os associados da SOBEST. O pagamento da taxa deverá ser realizado por meio de depósito bancário. O comprovante do depósito ou de associado deverá ser anexado no sistema durante o processo de submissão do manuscrito. A taxa não será devolvida aos autores em qualquer circunstância.

A taxa para versão/tradução para o segundo idioma será de R$400,00. Após aprovação do manuscrito, na etapa de edição, os autores serão notificados pela equipe editorial para o pagamento da mesma que deverá ser realizada e comprovado da mesma forma.

 

Banco 341 - Itaú Unibanco S.A.

 Agência: 0037 Conta Corrente: 77999-8

 SOBEST – Associação Brasileira de Enfermagem em Estomaterapia

CNPJ 67.832.063/0001-85

 

Check list da documentação para submissão

□ Documento de identificação

 □ Manuscrito

□ Declaração de autoria e conflito de interesses

 □ Parecer do Comitê de Ética / Protocolo de registro de ensaios clínicos

 □ Comprovante do pagamento da taxa de submissão

 

Endereço postal:

ESTIMA – Braz. J. Enterestomal Ther.

SOBEST

Rua Antônio De Godoi, 35, Sala 102

CEP: 01034-001 - São Paulo /SP - Brasil

 

Periodicidade

O Brazilian Journal Enterostomal Terapy é uma publicação contínua que produz um volume anual.