Experiência Cotidiana: a Visão da Pessoa com Estomia Intestinal

Authors

  • Dayse Carvalho do Nascimento
  • Carolina Costa Chagas
  • Norma Valéria Dantas de Oliveira Souza
  • Graciete Saraiva Marques
  • Fernanda Rocha Rodrigues
  • Clicia Vieira Cunha
  • Deborah Machado dos Santos
  • Patricia Alves dos Santos Silva

Keywords:

Estomia, Atividades cotidianas, Adaptação, Cuidados de enfermagem, Estomaterapia

Abstract

Durante o Curso de Residência em Enfermagem, os residentes entram em contato com a mais variada diversidade de doenças e experiências, das quais destaca-se o convívio com pessoas com estomias intestinais. A estomia consiste em uma comunicação artifi cial dos órgãos com o meio externo, podendo ser confeccionada para drenagens, eliminações fi siológicas ou nutrição. O objetivo do estudo foi identifi car as situações relatadas pelas pessoas com estomias em relação à estomia intestinal e analisar a nova experiência cotidiana vivenciada. Trata-se de uma pesquisa de campo, com abordagem qualitativa. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário semiestruturado com dez pacientes acompanhados por um grupo de apoio, em um hospital universitário do estado do Rio de Janeiro. A análise dos dados foi realizada de acordo com a perspectiva de Bardin. Os resultados qualitativos originaram três categorias: gerenciamento do cotidiano frente ao surgimento de atividades limitantes; diversidade emocional na compreensão da nova realidade; e importância das orientações de saúde como suporte à pessoa com estomia. Conclui-se que na experiência cotidiana a pessoa com estomia se depara com um conjunto complexo de emoções e que cada indivíduo lida de maneira pessoal com os confl itos, no entanto, é possível ter uma vida normal. Evidenciou-se ainda a importância da equipe multiprofi ssional e o papel vital do enfermeiro no suporte e na recuperação dessa clientela.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Author Biographies

Dayse Carvalho do Nascimento

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Endereço para correspondência: Dayse Carvalho Do Nascimento –
Boulevard 28 de setembro, 77, 3o andar – Vila Isabel – CEP: 20551 030 – Rio de Janeiro (RJ), Brasil

Carolina Costa Chagas

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

 

Norma Valéria Dantas de Oliveira Souza


Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Graciete Saraiva Marques

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Fernanda Rocha Rodrigues

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Clicia Vieira Cunha

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Deborah Machado dos Santos

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Patricia Alves dos Santos Silva

Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Published

2016-12-20

How to Cite

1.
Nascimento DC do, Chagas CC, Souza NVD de O, Marques GS, Rodrigues FR, Cunha CV, et al. Experiência Cotidiana: a Visão da Pessoa com Estomia Intestinal. ESTIMA [Internet]. 2016 Dec. 20 [cited 2024 Mar. 5];14(4). Available from: https://www.revistaestima.com.br/estima/article/view/431

Issue

Section

Original article

Most read articles by the same author(s)

Similar Articles

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

You may also start an advanced similarity search for this article.