Resumo de Tese

Authors

  • Sônia Ayako Tao Maruyama Tese de Doutorado apresentada à Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, para concorrer ao Título de Doutor, pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Fundamental .
  • Márcia Maria Fontão Zago Orientadora, Professora e Doutora.

Abstract

A Experiência da Colostomia por Câncer como Ruptura Biográfica, na Visão dos Portadores, Familiares e Profissionais de Saúde: Um Estudo EtnográficoA Experiência da Colostomia por Câncer como Ruptura Biográfica, na Visão dos Portadores, Familiares e Profissionais de Saúde: Um Estudo EtnográficoResumoAs experiências dos portadores de colostomia, familiares e profissionais têm relação com o contexto em que acontece a doença, com suas experiências da vida, relações sociais, bagagem de conhecimento, orientação de vida, crenças e valores pessoais e profissionais. Neste contexto, o estudo procurou compreender, numa abordagem voltada à dimensão cultural, o significado de ter colostomia por câncer, na visão dos portadores, familiares e profissionais de saúde. Os referenciais teóricos que embasaram tal compreensão foram a antropologia interpretativa de Clifford Geertz e de Arthur Kleinman e o método da etnografia. Os informantes que participaram do estudo foram: doze portadores de colostomia por câncer, cinco familiares e sete profissionais de saúde. Os dados foram coletados por entrevistas semi-estruturadas em forma de narrativas e observações participantes. Pela análise dos dados, identificamos códigos que permitiram a construção de três categorias: a vida antes da colostomia por câncer e o processo de adoecer, a vida após ter uma colostomia por câncer, e o cuidado profissional ao portador de colostomia por câncer e seu familiar. Estas categorias foram integradas em três temas: “Ter colostomia por câncer é o destino de cada um”, “Ter colostomia por câncer é sobreviver com sofrimento” e “Ter colostomia por câncer é uma questão individual”. O primeiro tema aborda a colostomia por câncer como destino, relacionado à crença religiosa. O segundo tema aborda que ter uma colostomia por câncer é um atributo moral, relacionado a uma concepção estigmatizada pela sociedade, por isso constitui uma condição de sofrimento. O terceiro tema aborda que a norma social e a biografia de cada pessoa são aspectos culturais que influenciam a experiência do adoecimento como uma situação particular. Finalizando, o estudo possibilitou compreender que o destino, o sofrimento e a individualidade se integram de forma lógica no fenômeno, como uma ruptura biográfica, na visão dos sujeitos, que deve ser considerada no cuidado pelos profissionais de saúde.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2005-06-01

How to Cite

1.
Maruyama SAT, Zago MMF. Resumo de Tese. ESTIMA [Internet]. 2005 Jun. 1 [cited 2022 Aug. 16];3(2). Available from: https://www.revistaestima.com.br/estima/article/view/172

Issue

Section

Article

Most read articles by the same author(s)