Relato De Caso

Authors

  • Elza Tiemi Kaminaga Oshikata Enfermeira da Unidade de Hospital Dia do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. Especialista em Gerenciamento de Serviços de Saúde pela EEUSP.
  • Noemi Marisa Brunet Rogenski Enfermeira estomaterapeuta. Diretora de Divisão de Enfermagem Cirúrgica do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. Mestre em Enfermagem pela EEUSP.
  • Cleide Maria Caetano Baptista Enfermeira. Chefe de Seção de Clínica Cirúrgica do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. Mestre em Enfermagem pela EEUSP.
  • Rosana Santiago Costa Vilarinho Enfermeira estomaterapeuta da Unidade de Hospital Dia do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. Especialista pela EEUSP.

Abstract

Colágeno como Terapia Tópica no Tratamento de Queimadura Térmica de 2° e 3° Grau: Relato de ExperiênciaRev Estima - vol 3 (2) 2005Elza Tiemi Kaminaga Oshikata*, Noemi Marisa Brunet Rogenski**, Cleide Maria Caetano Baptista***, Rosana Santiago Costa Vilarinho**** IntroduçãoAs queimaduras representam afecção freqüente no cotidiano das pessoas, causando lesões traumáticas resultantes do efeito térmico, químico, elétrico ou radioativo sobre as proteínas celulares. Atingem todas as faixas etárias e ambos os sexos, sendo que a maior parte dos acidentes ocorre no domicílio e, predominantemente, com adultos na faixa etária entre 20 e 39 anos1.Atenção especial deve ser dada à terapia tópica, para evitar seqüelas, provocadas pela intensa retração na cicatrização, que poderão prejudicar os movimentos, especialmente nas queimaduras em mãos e pés sendo, nas mãos, aquelas com maior potencial para incapacidades.Especialistas em reabilitação ao queimado afirmam que a mobilização das articulações, para evitar sinéquias, deve ser iniciada ainda na fase aguda da queimadura2.A escolha adequada do curativo requer avaliação criteriosa, não só das inúmeras opções de tratamento existentes no mercado, como raciocínio clínico acurado para selecionar a cobertura ideal para cada paciente, ferida e situação.Embora existam inúmeros produtos disponíveis no mercado, como filme de poliuretano, hidrocolóide, hidrogel, papaína, carvão ativado, alginatos, entre outros, escolhemos a cobertura de colágeno como terapia tópica ideal para o tratamento de queimaduras, por promover o alívio da dor e acelerar o processo cicatricial3.O colágeno é uma substância polipeptídica, formada por cadeias de aminoácidos, que compreende, aproximadamente, um terço da proteína total do organismo de mamíferos. É o principal constituinte da pele, tecido conectivo, tendões, ligamentos, ossos e dentes. A degradação de colágeno ocorre constantemente, através da ação de enzimas proteolíticas que necessitam de zinco e cálcio para agir, chamadas de Matriz Metalo Proteases (MMP’s), que são produzidas por várias células, como os neutrófilos, macrófagos etc. As MMP’s estão presentes nas feridas crônicas, o que faz com que sua ação incida sobre o colágeno endógeno. Ao adicionarmos colágeno exógeno em uma ferida crônica, as MMP’s degradam maior quantidade desse colágeno, permitindo, assim, que o colágeno endógeno atue na construção do tecido de granulação. Por outro lado, os aminoácidos resultantes da quebra do colágeno, são utilizados pelo colágeno endógeno para produzir novas proteínas que auxiliarão na regeneração dos tecidos4.O objetivo deste trabalho é relatar os efeitos de cobertura de colágeno no tratamento de paciente com queimadura térmica de 2° e 3° grau em mão esquerda.Caso ClínicoA paciente em questão acidentou-se ao preparar calda de caramelo que escorreu pelas mãos. Atendida em outro serviço, foi diagnosticado queimadura de 2° grau na palma e no 3° dedo da mão esquerda e de 3°grau no 4° e 5° dedos. Realizado curativo com solução fisiológica e encaminhada ao domicílio. Após 5 dias, retornou ao hospital de origem para desbridamento das bolhas, sendo orientada para realizar curativo diário com rayon vaselinado. Não satisfeita com a conduta proposta naquele serviço, procurou o Grupo de Estomaterapia do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo, que indicou tratamento tópico com cobertura de colágeno.O curativo consistiu de limpeza com solução fisiológica, aplicação de placas de colágeno sobre as áreas queimadas e fixação com auxílio de filme transparente, para facilitar a movimentação dos dedos. Os 4 primeiros curativos foram realizados diariamente. A partir do 5° dia, foram trocados a cada 48 horas.No total foram realizados 7 curativos. A cicatrização completa da lesão em palma da mão e dedo médio ocorreu em 5 dias. O 4° e 5° dedos (lesão de 3° grau) apresentaram cicatrização total em 14 dias. 

Figura1

Figura4
 O curativo consistiu de limpeza com solução fisiológica, aplicação de placas de colágeno sobre as áreas queimadas e fixação com auxílio de filme transparenteConsiderações FinaisA utilização do colágeno como terapia tópica para o tratamento de queimadura térmica em mão, apresentou resultado satisfatório, com alívio da dor, facilidade nos movimentos e significativa rapidez na cicatrização, favorecendo, assim, o retorno precoce da paciente às atividades diárias, livre de seqüelas.Embora tenhamos constatado a eficácia do colágeno no tratamento de queimaduras, vale ressaltar que o custo elevado do produto (ainda fora do alcance de grande parte da população) inviabiliza seu uso em queimaduras de grandes extensões. Acreditamos que num futuro próximo, com a concorrência entre os fabricantes, o custo se torne mais acessível, possibilitando sua aquisição pelas instituições de saúde, inclusive por aquelas que prestam atendimento à população menos favorecida.

Downloads

Download data is not yet available.

References

Rossi LA, Barruffini RC, Chianca TC. Queimaduras: características dos casos tratados em um hospital escola em Ribeirão Preto (SP). Brasil. Rev Panam Salud Publica. 1998; 4(6): 401-4.

Barillo DJ, Paulsen SM. Management of burns to the hands. Wounds: Compendium of Clinical Research and Pratice. 2003; 15(1): 4-9.

Blanes L. Tratamento de feridas. In: Baptista-Silva JCC, editor. Cirurgia vascular: guia ilustrado. São Paulo: 2004. Disponível em : URL: http://www.bapbaptista.com.

Allen J, Bailey MA. The fate of collagen implants in tissue defects. Wound Repair and Regeneration. Blackwell-synergy. 2000; 8(1): 5-12

Published

2005-06-01

How to Cite

1.
Oshikata ETK, Rogenski NMB, Baptista CMC, Vilarinho RSC. Relato De Caso. ESTIMA [Internet]. 2005 Jun. 1 [cited 2022 Aug. 16];3(2). Available from: https://www.revistaestima.com.br/estima/article/view/169

Issue

Section

Article

Most read articles by the same author(s)