Resumo de Tese

Authors

  • Vilma Madaloso Petuco
  • Cleide Lavieri Martins Orientadora,Professora e Doutora.

Abstract

Quase como ates: A ressignificação da Identidade da Pessoa Ostomizada com câncer

ResumoComo a presença de uma doença grave gera sofrimento, tanto para a pessoa acometida como para sua família, este estudo objetivou compreender o significado da experiência de doença para a pessoa portadora de câncer, como uma estomia definitiva, e as transformações sobre sua identidade. A pesquisa foi desenvolvida no município de Passo Fundo e região. Partiu-se do estoma afetam a identidade da pessoa, pelas consequências e transformações que ocorrem em sua trajetória de vida. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, prospectivo, que acompanhou os depoentes pelo período de um ano, a contar do momento da internação hospitalar, ocasião em que realizaram a cirurgia. Respeitaram-se os princípios éticos de participação voluntaria, esclarecida e consentida. Para obtenção dos dados, utilizou-se, como referencial metodológico, a historia oral de vida. Realizou-se uma serie de cinco entrevistas com cada um dos participantes, ao longo desse um ano de acompanhamento: duas no período intra-hospitalar e três após a alta do hospital, aos três, seis e doze meses. Uma vez transcritas, apresentam-se as entrevistas na forma de narrativas. A descrição e analise da trajetória percorrida foram embasadas no Modelo de Constelação da Doença proposto por Morse de Johnson. A discussão enfocou as transformações ocorridas na identidade de casa depoente e as formas encontradas por ele para ressignifica-la, tendo como apoio os conteúdos teóricos abordados no estudo. A discussão mostrou que, após o profundo impacto ocasionado pela doença e a estomia, as pessoas iniciam um processo de ressignificação e um novo significado de cada uma delas perante a vida. As principais formas de ajustamento encontradas foram: resignar-se positivamente com a situação, apegar-se a Deus e á religão, apegar-se á auto-ajuda, recolher-se ao seu interior, manter-se em silencia, retomar as atividades anteriores, contar com o apoio da família e seus próximos, desenvolver habilidades para lidas com o estoma e o dispositivo, minimizar as repercussões decorrentes da situação, “administrar” a memoria, cuidar-se mais que antes, comparar-se com outros que estavam em situação pior que a sua e a explicação encontrada pela pessoa para dar sentido e significado á sua doença, entre outras. A manutenção da identidade restabelecida dependeu da habilidade que cada estomizado possuía em responder aos eventos que foram surgindo, na trajetória de suas vidas.


Downloads

Download data is not yet available.

Published

2005-03-01

How to Cite

1.
Petuco VM, Martins CL. Resumo de Tese. ESTIMA [Internet]. 2005 Mar. 1 [cited 2022 Aug. 16];3(1). Available from: https://www.revistaestima.com.br/estima/article/view/167

Issue

Section

Article

Most read articles by the same author(s)